O CORRE CORRE DA VIDA

Atualizado: 11 de Jul de 2019

... ou a VIDA SEMPRE a CORRER

O tempo voa. A Vida passa. Escorre-nos por entre os anos. Acrescentar mais Vida ao Tempo é o caminho mais curto para ser Feliz. 




O movimento SLOW  é um convite a mudar o ritmo dos dias que correm desenfreadamente e muitas vezes nos colocam à frente da vida e do tempo. A isso chamamos Ansiedade. Chegar lá à  frente, antes de tudo acontecer,  à espera de poder agir, no desconforto e na frustração de nada poder fazer porque o amanhã é uma quimera. Quando o hoje permitir esgotar todo o seu tempo até ao último segundo, surge a alvorada do amanhã onde o ansioso se encontra,  já esgotado na espera do porvir.O porvir chega por fim, dentro do seu tempo. É recebido por um ansioso cansado da espera e da impotência.


O Hoje fica mais pobre quando já vivemos no amanhã. No Hoje ficam coisas por fazer. Na fila do autocarro não reparamos no idoso que precisa de um pouco do nosso amparo... no telefone a chamada  fica por devolver ao pai, ao amigo, ao irmão... a visita à  avó que está no lar, de rosto colado à janela à nossa espera, é eternamente adiada... para outro dia...






Temos tanto que fazer, a vida não pára! Os filhos crescem e já não pedem o  colo que não demos por falta de tempo ou prioridade. Os pais enruguecem, os seus olhos perdem brilho, e a mente enrola-se em novelos pequeninos onde só cabemos se ainda formos crianças. Ao longo do caminho no torvelinho da vida, abraços ficam por dar, morrem mesmo antes de nascer !" Como estás?", "Gosto tanto de ti!", "Em que posso ajudar?", secam na nossa boca e secam-nos a boca e a Alma. Somos também o que fazemos! E o que não fazemos como nos define??



SLOW! Abranda!

É um um convite a deixar o amanhã lá onde ele mora, no futuro, no advir ou no que há-de vir mas ainda não chegou! Abrandando,  os dias ficam maiores. Ganham Alma, a Alma das coisas que nele habitam:

a nossa atenção e cuidado ficam rasos de água na emoção do idoso que gentilmente apoiámos na fila do autocarro... ganham alegria na chamada que devolvemos de imediato ao pai, ao amigo, ao irmão... ganham cor e riso fácil no rosto da avó colado à janela do Lar quando a visitamos...

Os abraços nascem e rodeiam o corpo dos amigos... e florescem o riso e a emoção na nossa boca. " Que bom ver-te, pá!", "Tenho me lembrado tanto de ti!!" E a Alma ri como quando éramos crianças e os nossos pais tinham os olhos brilhantes e ainda não haviam novelinhos pequeninos nas suas lembranças.


Quem vive devagar vive mais, vive melhor.

Vive e acorda a Alma das coisas pequenas que despertam em cada um de nós a capacidade de sentir a Felicidade dos dias simples!

Quando o menos é mais! 


Slow please!!! 





Partilhe connosco as suas dúvidas, experiências e sugestões para futuros posts. Efetue Login para deixar o seu comentário.

Obrigada!

11 visualizações

Same day Shipping!

Portes Grátis em encomendas

superiores a 30€

(ver condições

Embalagens Sustentáveis

Reutilizamos as embalagens bem como o material de proteção.

Todos os produtos em deRAIZ,  são Cruelty- Free.

I n f o r m a ç õ e s

Email:

Tel:

Endereço:

Ed. Marialva esc. nº7

3060-180 Cantanhede

Portugal

Sobre Nós

2018 by deRAIZ ©   Proudly created with Wix.com